Domingo, 22 de Abril de 2007

Aprender a viver.

Somos demasiado egocêntricos. E egoístas.
Reservamos um pouco do nosso tempo a tentar consolar os outros, com palavras secas, superficiais, e o resto do tempo com pedidos de ajuda a outros que, por sua vez, nos darão pequenas respostas reconfortantes, não sentidas, ditas no mesmo pequeno tempo reservado aos outros.

Porém, essas escassas palavras às vezes são o que nos mantém à tona. Agarramo-nos a elas, desejosos que sejam verdade, que a soluçao é esta ou aquela.
É muito mais fácil seguir aquilo que aquele disse, do que tentarmos nós próprios desvendar soluções.

Temos medo. Receio. Preguiça. Pouca confiança em nós.
Precisamos de alguém que nos diga o que devemos fazer.
"vai resultar?" "vais ver que sim, deixa-te ir, está a correr bem." Mas essa pessoa não está envolvida no processo.
O conselho provém do exterior, será válido?

Dá um passo.
Segue em frente, vá.
Não percas o medo. Aliás, o medo vai ajudar-te.
Mas continua com os pequenos passos.
1, 2... 3...
Vais errar, talvez.
Pode correr tudo mal.
Sentires-te pessimamente.
Mas foste por ti, pelos teus próprios caminhos.
E isso é viver.
Porque embora rodeados de pessoas, amigos, família, estamos sempre sozinhos.
Temos que aprender a viver. Sozinhos.

 

 

(após 1 breve ausência decidi voltar. Prioridades.)


by: daniela. às 11:13
link do post | adiciona aos favoritos
De lovenox a 23 de Abril de 2007 às 00:31
Os meus amigos e aqueles que me conhecem sabem que não podem contar comigo para lhes confortar a alma com essas palavras doces que pretendem ouvir, sou daqueles que gosto de ser realista, sou duro com os meus amigos, sou exigente, e é por isso que os considero amigos, porque também fui exigente na hora de os escolher, também não sou daqueles que estou á espera de palmadinhas nas costas para me dar força, a minha força provem do facto de evitar os erros para poder evitar os pedidos de palavrinhas de incentivo. Sou daqueles que prefere dar um carinho e uma palavra de apreço quando as coisas j á estão feitas, as pessoas que são minhas amigas são poucas e todas mulheres, e choram muitas vezes porque eu as faço chorar, e não voltam a cometer os mesmos erros, nem me desiludem, conseguem fazer sem palavras artificiais que as faça andar á tona de á gua...toda a energia deve provir de nós e não de palavras que á s vezes nem sentidas são...e j á tenho as mesmas amigas h á tantos anos...que suponho não estar errado na minha teoria...beijoca..espero-te no meu blog com estas tuas reflexões surpreendentes.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.MEET ME.


. meu perfil

. adiciona-me como amiga

. 15 seguidores

.pesquisa neste blog

 

.Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Brincadeira.

. fugir.

. Aprender a viver.

. Título? Bem... AHAHAHAH.

. Um pequeno tributo...

. Analfabetismo, uma nova v...

. Pensamentos soltos...

. O COMEÇO.

.arquivos

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.aqueles que eu adorei...

. O dinheiro traz felicidad...

. Felizes

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds